Google Priority e imagens nas suas aulas de inglês

Olá! O post de hoje é para todo mundo, apesar da parte final ser direcionada a professores.

Eu quero mostrar pra vocês um vídeo do Google anunciando seu novo serviço, o Google Priority Inbox (by the way, eu sou usuária do Gmail há anos e adoro. Recomendo para quem estiver querendo trocar de provedor de email). A mensagem dele é relativamente simples, a musiquinha é agradável e, junto com a animação, faz o vídeo ficar divertido.

Resultado? Prendeu a minha atenção até o fim e provavelmente vai prender a sua também.

But wait!

Quando você clicar no PLAY ali no vídeo, tente olhar pro lado quando aparecer apenas texto na tela sem animação nenhuma. Nas primeiras vezes que você assistir o vídeo (on your first few viewings), tente ver apenas as partes com a animação. O ritmo da estória é bem ligeiro, por isso assista mais de uma vez desse jeito.

Por que eu estou pedindo isso? Por que a mensagem do vídeo é tão bem comunicada com as imagens/animações que mesmo sem ler o texto, você vai conseguir pegar a ideia.

 

 

E aí? Did you get the gist? (Pegou o essencial?)

Agora, assista novamente lendo o texto. O melhor de tudo aqui é que muita gente que está apenas iniciando no inglês vai reconhecer um monte de palavras: check, email, inbox, messages, read, important, star, spam, read, reply

Depois de alguns viewings, deu para associar alguma expressão que você não conhecia ao significado comunicado pelas imagens?

 

É lógico que todo mundo sabe que imagens são ferramentas poderosas na hora de transmitir uma mensagem. Mas eu acho que imagens, assim como animações e qualquer outro tipo de representação visual, ainda são muito sub-utilizadas no mundo do ensino, inclusive no ensino de inglês. Hoje em dia, com o acesso que temos à Internet, e com a quantidade de imagens gratuitas que podem ser usadas para qualquer fim (às vezes sem nem precisar citar a fonte) e o mundo de vídeos disponíveis por aí, quem quiser tornar as aulas mais interessantes, mais fáceis, e consequentemente, mais eficazes, consegue.

Não é preciso ter uma equipe artística nem fazer um super vídeo de animação profissional como o do Google. Dá pra fazer muita coisa com figuras, um software simples de screenrecording e, se você quiser, a sua voz!

Sugestões:

  • O professor e palestrante Russell Stannard usa Jing, um programa gratuito que captura a tela do seu computador enquanto você navega pela Internet e grava sua voz, para falar sobre mil e um sites de inglês que ele vai encontrando por aí. A primeira coisa que você vê na página inicial do site dele são os links How to use Jing e Ways of Using Jing, onde ele explica a própria ferramenta. Mas não pare por ai: veja a barra lateral, onde Russell mostra onde encontrar e como utilizar muitas outras ferramentas fantásticas como sites para desenho e cartoons.
  • Há um número enorme de fontes de imagens gratuitas (e eu não estou falando do Google Images! A maioria dos resultados que aparecem lá tem copyright). Por gratuitas eu quero dizer: ou em domínio público, ou com permissão para uso dada pelo autor da imagem. Aqui vão algumas fontes que eu considero das melhores:

    1. Flickr – provavelmente o maior aplicativo de gerenciamento de imagens online do mundo. Vá até a busca avançada, insira suas palavras-chave, então vá até o fim da página e selecione os 3 quadradinhos ao lado do logo Creative Commons. Clique ‘Buscar’, e agora tudo que você tem que fazer quando usar a imagem é citar/linkar o autor.
    2. Stock.XCHNG é um site gigante de imagens totalmente gratuitas que existe faz tempo, e que incrivelmente ainda continua assim. As imagens aqui podem ser usadas numa boa para suas aulas (há restrições se elas forem usadas em produtos para venda – camisetas, templates de sites, etc)
    3. Imagens do site Microsoft Office: eu já usei muito esse site, mas parei porque a Busca era super fraca. Voltei lá agora e vi que tudo mudou: você pode inserir várias palavras-chave ao mesmo tempo, e as imagens são de ótima qualidade.
    4. Public Domain Images e Burning Well são coleções de imagens em domínio público. Para resumir, go nuts. Não tem restrição nenhuma com domínio público.
  • A professora Maria de Fátima não só tem vasta experiência em ensino de inglês como também é formada em artes plásticas. Ela juntou as duas coisas para oferecer seu Curso de Desenho para Professores de Idiomas, que volta e meia é anunciado no site da Editora SBS. Eu não a conheço nem fiz o curso, mas a ideia não parece ótima? Veja quando será o próximo, visite o site da Fátima para mais informações ou entre em contato com ela pelo email marifa2006 (arroba) terra.com.br 

O que você acha? Quais são suas ideias para aumentar o uso de imagens na aula?

Conheça o curso que vai fazer você pensar em inglês e parar de traduzir na hora de falar!

Se você quer finalmente começar a gostar de inglês, e finalmente abrir a boca e falar inglês… Não pode deixar de conhecer o Curso Básico do Inglês Online.

Clique Aqui

Comentários

  1. I think animation in a text, holds everyone’s attention so applying this technique will be very useful for the students in general .

  2. julio cesar diz:

    quero aprender ingles gosteio do vidio……………obg por me ajudar estou esforçando para eu ter meu ingles,,,,,,,,,

  3. Claudia diz:

    The video by Google is excellent!

    I agree, images are very important and I often bring magazines and posters to the classroom. Unfortunately in my school we don’t have the necessary equipment to use video in class.

  4. fabiana diz:

    there is there are interogativo ,negativo,afirmativo.

  5. Teachers,
    A very good tool for teach English as you know is the FlashCards.
    So I recomend the Online Free Tool ExamTime.
    http://www.examtime.com.br
    On this website you can Create your own FlashCards, Quiz, MindMaps and notes!

    Enjoy

Deixe sua pergunta ou comentário:

*

 

Facebook
Inglesonline on Facebook
Twitter Tweets by @inglesonline
iTunes
RSS

Receba as dicas do Inglês Online em seu email…

…e ganhe o PDF 24 Dicas e Atividades do Inglês Online!