7 dicas para se tornar fluente ‘na raça’!

By Ana Luiza | Aprenda a Aprender

Oct 25
Print Friendly, PDF & Email

A dica pra você hoje é de Ryan Sink, um americano que aprendeu alemão do zero (pode acreditar!). Ele se mudou para a Alemanha anos atrás e conseguiu chegar na fluência sozinho – veja as dicas preciosas dele abaixo. Eu quero que TODOS vocês consigam entendê-las, e por isso traduzi o artigo para português (após o original em inglês.)

7 Tips for Becoming Fluent Quickly and Effectively – From a Language Learner and Teacher

1 Listen First

I am a native English speaker from the United States. However, I did not start speaking in the delivery room on the day I was born. Like you, I LISTENED to my native language for many months before I ever tried to speak.

dicas para se tornar fluente

Ryan Sink became fluent in German

Speaking is NOT the first step in becoming more fluent; listening is. Learning German as a second language showed me that, as with learning as a baby, you improve best by listening to words and phrases hundreds of times before saying these yourself.

 

2 Basic Math

Although there are many exceptions, English and German both have basic universal mathematic formulas at their core. For example, to express a potential and realistic future situation in English, the formula is

“IF + VERB1, CAN/WILL + VERB1” (If I go to work tomorrow, I will see my boss)

For an improbable or unrealistic future situation the formula is

“IF + VERB2, COULD/WOULD + VERB1” (If I went to work tomorrow, I would see my boss)

I didn’t focus on grammar all the time when I learned how to speak German more fluently, but I did memorize simple formulas for different situations to make sure my main message was understood correctly.

 

3 Immediate Repetition

Not only am I bad at remembering words and phrases, I also very easily lose focus in conversations. Both of these problems are solved by repeating what you hear as quickly as possible. In German conversations, whenever someone uses a word or phrase which is new to me, I use this same word or phrase in the next thing I say in that conversation.

“Shadowing” is a popular technique where you listen and repeat what you hear immediately afterwards, but you can do the same thing in normal conversations. All you need to do is wait a few more seconds until it is your turn to speak and then use the word or phrase in context.

 

4 Cultural Events

Languages are connected to culture and learning a new language involves learning the culture behind it, no matter if this is a local, regional, national, or company culture. When I moved to Germany, I went to as many different cultural events as possible.

Much of my German fluency comes from words, phrases, and melodies I have experienced at sporting events, city festivals, wedding receptions and birthday parties. Even if you don’t live in a country which uses the language you want to learn, you can find and experience events like these online.

 

5 Mixed Conversations

I have found speaking with native and non-native speakers together to be very advantageous. First, as a third party, you are able to listen and experience a conversation first-hand.

You can learn a lot from the non-native speaker about how the language technically works, and sometimes they actually speak more correctly than the native speaker. From the native speaker you can hear how to say everything more naturally.

 

6 Focused Terms

I have worked as an English Language Teacher and Coach with many clients, and the most successful people are ALWAYS the ones with focus. They know exactly why and how they are going to use this new language.

Especially when it comes to words and phrases, it is vitally important that you FILTER OUT vocabulary which is not necessary for your specific goals. If you need English for selling computer software, make sure that all of the words and phrases you practice are important for describing your software and selling this to potential customers.

 

7 Embrace Mistakes

Confidence will take you further when using a second language than your actual language skills. Part of being confident is not worrying about making mistakes.

It is great to notice when you say something incorrectly; this is part of the process. But instead of trying to speak perfectly, speak WITHOUT thinking and then when you hear yourself make a mistake, just try to say it better the next time.

Ryan Sink is a Podcast Host and English Language Coach who lives in Munich, Germany. 

 

 

Leia o artigo traduzido para o português:

7 dicas para se tornar fluente rapida e eficientemente – por um professor e aluno de línguas

1   Ouça primeiro

Eu sou um falante de inglês nativo dos Estados Unidos. Mas eu não comecei a falar na sala de parto no dia que eu nasci. Como você, eu OUVI minha língua nativa por muitos meses antes mesmo de tentar falar.

Falar NÃO é o primeiro passo para se tornar mais fluente; mas sim ouvir. Aprender alemão como segunda língua me mostrou que, assim como um bebê que está aprendendo, você progride mais ouvindo palavras e frases centenas de vezes antes dizê-las.

2  Matemática básica

Embora haja muitas exceções, tanto inglês quanto alemão seguem essencialmente fórmulas matemáticas básicas. Por exemplo, para expressar uma situação realista em potencial em inglês, a fórmula é

“IF + VERB1, CAN/WILL + VERB1” (If I go to work tomorrow, I will see my boss)

Para uma situação improvável ou não muito realista a fórmula é

“IF + VERB2, COULD/WOULD + VERB1” (If I went to work tomorrow, I would see my boss)

Eu não foquei em gramática o tempo todo quando eu aprendi a falar alemão com mais fluência, mas eu memorizei, sim, fórmulas simples para situações diferentes para ter certeza que a mensagem principal (do que eu dizia) fosse compreendido corretamente.

3  Repetição imediata

Além de eu não ser bom para lembrar de palavras e frases, eu também me distraio facilmente quando estou conversando. Esses dois problemas são resolvidos repetindo o que você ouve o mais rápido que você puder. Nas conversas em alemão, toda vez que alguém usa uma palavra ou frase nova pra mim, eu uso essa mesma palavra ou frase na próxima coisa que eu disser na conversa.

Shadowing é uma técnica popular, em que você ouve e repete o que ouviu imediatamente, mas dá para fazer o mesmo em conversas normais. Tudo que você precisa fazer é esperar alguns segundos – até que seja sua vez de falar – e então usar a palavra ou frase no contexto da conversa.

4   Eventos Culturais

Idiomas estão ligados à cultura e aprender uma nova língua envolve aprender a cultura por trás dela, seja essa cultura local, regional, nacional ou de uma empresa. Quando eu me mudei para a Alemanha, eu fui a todos os eventos culturais que consegui.

Muito da minha fluência em alemão vem de palavras, frases e melodias que eu conheci em eventos esportivos, festivais, festas de casamento e de aniversário. Mesmo que você não viva em um país que usa a língua que você quer aprender, pode encontrar eventos como esses online.

5  Conversas ‘mistas’

Eu percebi que conversar com nativos e não-nativos ao mesmo tempo é bastante vantajoso. Primeiro que, sendo a terceira pessoa na conversa, você consegue ouvir e viver a conversa em primeira mão.

Dá pra aprender muito com o falante não-nativo sobre como a língua funciona tecnicamente, e às vezes ele/ela fala mais corretamente que o nativo. Com o nativo, você pode ouvir como dizer tudo com mais naturalidade.

6  Foco no vocabulário

Eu já trabalhei como professor de língua inglesa com muitos clientes, e as pessoas mais bem sucedidas são SEMPRE as que tem foco. Elas sabem exatamente porque e como vão usar esse novo idioma.

Especialmente em se tratando de palavras e frases, é de vital importância que você PENEIRE e jogue fora vocabulário que não é necessário para seus objetivos específicos. Se você precisa de inglês para vender software, faça com que todas as palavras e frases que você pratica sejam importantes para descrever seu software e vendê-lo para seus clientes potenciais.

7  Aceite seus erros

Confiança é algo que te leva mais longe ao usar uma segunda língua do que suas habilidades linguísticas. Não se preocupar em cometer erros faz parte de se sentir confiante.

É ótimo perceber quando você diz algo incorreto; faz parte do processo. Mas em vez de tentar falar com perfeição, fale SEM pensar e então, quando ouvir você mesmo cometendo um erro, só tente falar isso melhor da próxima vez.

Ryan Sink é um podcaster e coach de língua inglesa que mora em Munique, Alemanha. 

Follow

About the Author

Ana Luiza criou um blog de dicas de inglês em 2006, e depois de muito pesquisar o que faz alguém ganhar fluência numa segunda língua, criou seu primeiro curso de inglês em 2009.

  • Elcio says:

    If I went to work tomorrow ????? Can you explain it?? went /tomorrow???

    • Ana Luiza says:

      Oi Elcio,
      Esse aí é um tempo verbal do subjuntivo: “se eu fosse para o trabalho amanhã”.
      Nesse tempo, em inglês, a gente usa o mesmo verbo que é usado para o passado simples:
      If I went there
      If you bought it
      If he ate that sandwich every time he was hungry
      Etc

      Abs,
      Ana

  • Carlos Alberto Ribeiro da Silva says:

    Hi Ryan,nice to meet you!I read all 7 tips for becoming fluent but only one I don’t understand.It’s about “Basic Math” the formula is…..Well I’m a teacher of math and physics but it’s very hard.So send me an explain I want a lot.Thank you so much.I’m glad to know you and Ana Luiza.May God be with you.Bye.

  • >