Experimente usar mapas mentais na hora de estudar inglês – Inglês Online

Experimente usar mapas mentais na hora de estudar inglês

By Ana Luiza | Aprenda a Aprender

Jan 12
Experimente usar mapas mentais na hora de estudar inglês

Mapas mentais no inglêsAqui vai uma ferramentazinha que pode ser útil para quem quiser organizar a bagunça smile na hora de estudar inglês: os mapas mentais são diagramas que podem representar idéias, grupos de tarefas, hierarquias ou qualquer conjunto de conceitos que esteja relacionado a uma idéia central.

Você pode fazer um mapa mental na mão mesmo – vamos dizer que você queira ficar craque em Present Simple, por exemplo. É muito simples: pegue uma folha de papel e escreva no centro Present Simple. A partir desta idéia central, desenhe linhas e no fim de cada uma escreva um tópico relacionado que você precise aprender – por exemplo, conjugação, usos, expressões comuns, perguntas e negativas.

Em cada tópico você pode colocar mais sub-tópicos e assim por diante. A representação visual das idéias e das relações entre elas é um recurso excelente para organizar e clarear os pensamentos – pessoalmente, uso bastante porque tem hora que só uma listinha não dá conta do recado.

Claro que é mais prático e eficiente fazer o mapa usando um software – Virgílio Vilela, que mantém o site Mapas Mentais, apresenta uma lista do que tem disponível no mercado hoje, incluindo tanto software comercial quanto gratuito. Aliás, no site do Virgílio você vai encontrar muitas dicas e exemplos de como usar mapas mentais não só para estudar mas também para organizar desde as idéias apresentadas em uma reunião de trabalho até um processo qualquer como dar nó em gravata.

Não perca –> Olhe lá no site do Virgílio exemplos super bem feitos de mapas mentais de inglês: Vocabulário de Sapatos, Simple Present (bem mais completo que o meu) e Preposições – acesse a página.

Para mais informações, visite também Como Usar Mapas Mentais e as Perguntas Frequentes. A página da Wikipedia (em inglês) sobre Mind Maps também é interessante: uma das recomendações é usar o seu próprio código de cores para diferenciar visualmente os ramos principais (fazendo um de cada cor), facilitando assim a identificação dos assuntos e a compreensão do todo.

  • […] tivemos um artigo aqui sobre esse assunto, mas vale a pena conversarmos mais uma vez sobre os mind […]

  • >