Saiba como usar THOUGH, essa palavrinha que aparece toda hora no inglês! (com áudio)

By Ana Luiza | Lições de Inglês

Feb 16
Saiba como usar THOUGH, essa palavrinha que aparece toda hora no inglês! (com áudio)
Print Friendly, PDF & Email

Olá! Tudo bem por aí?

Hoje vou te falar sobre uma palavrinha que eu escuto TODA HORA na conversa do dia a dia aqui na Inglaterra. E os americanos também a usam muito. Mas acho que foi preciso que eu estivesse in loco pra perceber de verdade como ela é comum. Nossa palavra hoje é THOUGH.

Clique no player abaixo para ouvir os exemplos ou fazer o download do áudio.

Though já foi assunto de dica aqui no site e o post do link é uma boa introdução – só que esse é um daqueles casos de palavra ou expressão de inglês que eu só ouço sair da boca de quem tem muita, muita vivência mesmo no inglês. Tipo, mora no exterior há anos e tem inglês fluente. Mas não precisa ser assim. Se precisasse, não haveria casos de pessoas que nunca nem saíram do seu país natal e mesmo assim falam inglês que nem americano. E esses casos existem, pois eu mesma conheço alguns exemplares. :-)

Então, o que vou fazer na dica de hoje é dar vários exemplos de como though é realmente usado na conversa do dia-a-dia. E, além disso, vou colocar um arquivo de áudio no fim da dica onde eu falo todos os exemplos, pra você baixar, colocar no seu player e mandar ver no listening!

Though é quase um apêndice no fim de muitas sentenças, apesar de ter sempre aquele sentido de “mas…” ou “no entanto”. Outra coisa que não costuma mudar é que, como acabei de mencionar, o though aparece no fim de um período (ou sentença).

Imagine essa situação: duas pessoas se conheceram online e vão se encontrar pela primeira vez, em pessoa. Uma delas diz “Só não sei se vou conseguir te reconhecer.”

Esse é um caso perfeito para o though: I don’t know if I’ll be able to spot you though.

Percebeu que o though não precisa necessariamente corresponder ao nosso MAS, ou NO ENTANTO? Ele pode corresponder também ao SÓ QUE, ou outras palavras/expressões que introduzam essa ideia “contraditória”, vamos dizer assim. Mas olha que interessante – ele aparece no fim da ideia. :-)

Quer ver alguns exemplos de coisas que diríamos no Brasil começando com “Mas…”, e que em inglês diríamos com Though? Repare que às vezes o “mas” ou “só que” fica implícito – a gente acaba nem falando, mas o sentido está lá. E com esse sentido, na minha experiência, o though aparece bem mais na fala que seus equivalentes brasileiros. Vamos lá:

Ih, mas acho que vai chover. I think it’s gonna rain though.
(Mas /Só que) o vestido dela é um tamanho maior que o meu. Her dress is a bigger size than mine though.
(Mas você) Tem certeza? Are you sure though?
Mas você tem que reconhecer que ela é uma boa atriz. You’ve got to recognise she’s a good actress though.
A comida estava meio sem-graça (mas) ainda assim estava boa. The food was a bit bland; it was still good though.
A casa já está diferente, mas ainda tem muito a fazer. The house looks different; still lots to do though.
A gente se perdeu no mercado e achou tudo muito caro. Mas o pessoal era legal. We got lost in the market and thought everything was so expensive. People were nice though.

[Jane diz] “Vou levar essa camiseta” I’m taking this t-shirt.
[Amiga da Jane diz] “(Mas) a azul? A laranja é mais bonita.” The blue one though? The orange one is prettier.

 

Veja esse jeito muito, muito comum de usar though, quase como uma ênfase:

“Não aguento mais esse relacionamento. Tô cansada de brigar com meu namorado”. I can’t take this relationship anymore. I’m tired of fighting with my boyfriend.
“Tá mesmo? Você já falou isso um monte de vezes” Are you, though? You’ve said that many times before.

“Tenho certeza que vai dar tudo certo.” I’m sure everything’s going to work out fine.
“Tem mesmo? Não é o que parece.” Are you, though? That’s not what it looks like.

“Eu treinei a Cristina no que era pra fazer.” I coached Cristina on what to do.
“Treinou mesmo? Não parece.” Did you, though? It doesn’t look like it.

 

E mais uma observação: realmente não é tão comum começar uma sentença com BUT. O exemplo que me vem à cabeça onde se faz isso é aquele de “protesto”:

I want you to pay for this.
But… But… it wasn’t my fault!

You were supposed to meet me there.
But you never told me where you were going!

You shouldn’t invite those people to our barbecues.
But how was I supposed to know?

Repare que nos exemplos acima o BUT inicia uma forma de protesto, de defesa, etc. e soa mais dramático, vamos dizer assim, do que o though usado na conversa do dia-a-dia.

Não deixe de reparar no uso de THOUGH se você ouvir podcasts ou assistir séries e filmes!

Follow

About the Author

Ana Luiza criou um blog de dicas de inglês em 2006, e depois de muito pesquisar o que faz alguém ganhar fluência numa segunda língua, criou seu primeiro curso de inglês em 2009.

  • ygor vicente says:

    Caraca, nota 1000 pra vc!

  • Vinicius says:

    I already knew this kind of expression, yet I love it though. Nice job, Ana :)

  • jonata fontela says:

    Hi.Ana, I loved this tip!
    I’ve kept my eye on this word since I read that first tip about though… and yeah..they use it all the time… it sounded weird at first, I got used to saying it though.and now I try to use it every time I get the chance :-D

  • João Roberto says:

    Valeu pela dica, me ajudou bastante.

  • >